Pesquisa com a categoria sobre trabalho remoto

Sindicato dos Radialistas e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CRST/Lapa sobre os impactos do teletrabalho sobre a saúde dos profissionais radialistas no município de São Paulo. 

Essa iniciativa faz parte de um projeto conjunto do CRST-LAPA e do Sindicato dos Radialistas de São Paulo para entender melhor como acontece o teletrabalho na sua categoria profissional e pensar como apoiar as lutas por melhores condições de trabalho. Para entender o conceito de home office, pela legislação o artigo 75-B da CLT diz que, “Considera-se teletrabalho a prestação de serviços preponderantemente fora das dependências do empregador, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação que, por sua natureza, não se constituam como trabalho externo.”

Com esse propósito será realizado discussões em grupo composto por profissionais da área de Rádio e TV e profissionais do CRST Lapa.

Para ter aceso ao formulário da pesquisa clique aqui.

Os trabalhadores são indivíduos complexos, impactados pelos processos de trabalho. Não são números. Por isso a necessidade de observar o resultado do trabalho desenvolvido fora do ambiente do trabalho e suas necessidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s